domingo, 30 de outubro de 2011

VINAGREIRA NEGRA OU LEBRE DO MAR - Aplysia fasciata




















Reino: Animalia

Filo: Mollusca
Classe: Gastropoda
Ordem : Anaspidea

Genero: AplysiaFamilia: Aplysiidae
Espécie: Aplysia Fasciata

Nome Comum: Vinagreira Negra/Lebre do mar
Descrição: Parapódio bem separados, apenas unidos muito posteriormente, orlados de vermelho claro, de grande dimensões, pode atingir 40 cm de comprimentos e pesar até 2kg.
Habitat: Infralitoral - Águas salobras/Estuários, Marinho (Pelágico Costeiro), Marinho (recifes e costas rochosas)

A Vinagreira-negra, Aplysia fasciata, também conhecida pelo nome de “lebre de mar negra”, é um dos moluscos presentes em toda a nossa costa e na bacia mediterrânea, nomeadamente nos estuários e rias.
Percorre o fundo lentamente para se ir alimentando. São moluscos muito semelhantes em aparência às lesmas. Possuem, no entanto, uma concha

que está
coberta pelo manto;
O nome comum deriva do líquido de cor púrpura que deitam por vezes quando molestadas (como “vinagre tinto”).

É bastante frequente nos meses de Verão, sendo mesmo possível encontrar aglomerações de vários indivíduos. Não é raro ver indivíduos a nadar em águas abertas, usando os parapódios como barbatanas.


IDENTIFICAÇÃO:
• Cabeça distinta.
• Pé desenvolvido e achatado.
• Massa visceral enrolada na concha com uma torção de 180.º, no sentido contrário ao dos ponteiros do relógio, relativamente à cabe-ça e ao pé.

• Cavidade paleal abrindo anteriormente.

Dimensões: De grande dimensões pode atingir até 40 cm de comprimento.

Corpo negro ou castanho escuro, parapódios separados tanto posterior como anteriormente. Rinóforos e parapódios apresentam geralmente uma linha laranja ou vermelha. Alguns indivíduos podem apresentar manchas claras na face interior dos parapódios ou mesmo no corpo. A maior espécie do gênero Aplysia e também um dos maiores opistobrânquios que podemos encontrar nas águas Portuguesas, crescendo até 40cm de comprimento e atingindo até 1,5kg de massa.


ALIMENTAÇÃO:
Alimenta-se de qualquer tipo de algas (vermelhas, verdes, pardas ....). Percorre o fundo lentamente para se ir alimentando.
É uma espécie herbívora.

LOCALIZAÇÃO:

Encontramo-la em águas superficiais, até uns 25 metros de profundidade. De dia esconde-se nas frestas das rochas, saindo à noite em busca de alimento.
Está presente em toda a costa Mediterrânea e do Atlântico Oriental. Alguns autores consideram que a espécie Aplysia brasiliana, do litoral atlântico americano, é sinónimo de Aplysia fasciata e representa apenas um padrão de variação cromática mais comum nessa zona.

CARACTERISTICAS:
• O tamanho, é sem dúvida o aspecto mais destacável deste molusco, que pode medir até 20 cm, sendo o mais habitual entre os 7 a 10 cm;
• O peso, será á volta de um quilo;
• A cor, dos exemplares mais jovens são de cor avermelhada, enquanto que a tonalidade dos exemplares adultos varia desde o verde ao marrom, sendo por vezes vermelho e inclusive negro-violeta. De facto pensa-se que a cor de cada indivíduo, em particular, depende da sua alimentação;
• O corpo mole, de aspecto abobado, com um grande pé e duas expansões globulares (parapódios);
• Recebe o nome de “lebre” por os dois rinóforos enrolados na sua cabeça, serem similares às orelhas de uma lebre;
• Tem duas antenas cefálicas aplanadas e algo enroladas;
• A concha é interna e pode medir 7 centímetros;

CONSELHOS E CURIOSIDADES:
• As vinagreiras são moluscos muito semelhantes em aparência às lesmas. Possuem, no entanto, uma concha que está coberta pelo manto;
• O nome comum deriva do líquido de cor púrpura que deitam por vezes quando molestadas (como “vinagre tinto”);
• Se se sente molestada desprende uma substância branca e violeta, com que afugenta os seus inimigos, não é venenoso;
• É a única lebre de mar que pode nadar bem, graças aos movimentos on-dulantes dos seus parapódios;
• Durante a Primavera podem
observar-se os animais adultos por ser esta a altura do acasalamento. Os jovens aparecem em finais do Verão até ao Outono;
• Foram encontradas algumas posturas destes animais, as quais se asseme-lhavam a novelos e exibiam cor rosa-violeta clara;

Postagens populares

VÍDEOS SOBRE O MAR

Loading...

National Geographic POD

Loading...

Google+ Followers

Google+ Badge